Famílias de pescadores paranaenses recebem equipamentos para apoiar a produção

O Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA), através da superintendência no Paraná, entregou a um Clube de Mães, Amigas e Colaboradoras, moradoras da Ilha das Peças, no Município de Guaraqueçaba, 130 itens entre equipamentos e utensílios de cozinha. O objetivo é apoiar o negócio delas que se enquadra no chamado empreendimentos da pesca artesanal.

A padaria que já produz pães e produtos tradicionais graças ao trabalho de 20 mulheres, esposas de pescadores da Ilha, agora irá produzir mais e vender por um valor menor, devido ao incentivo do MPA. Com esses novos equipamentos, no valor de mais R$ 18 mil, as mulheres também irão preparar salgados, bolinhos e moquecas com as sobras de peixes que não são utilizados para comercialização. Os produtos poderão ser vendidos para o Programa Nacional de Abastecimento (CONAB) do Ministério da Agricultura.

O Superintendente da Pesca e Aquicultura no Paraná, Jose Wigineski, disse que a comunidade aguardava pelo apoio com muita expectativa. “Na chegada do barco, muitos pescadores, emocionados, vieram para ajudar a carregar os equipamentos até a padaria”. A presidente do clube, Ilda Xavier, agradeceu. “Depois de muitas dificuldades, essa conquista nos conforta muito”.

O superintendente do MPA aproveitou ainda para entregar as carteiras profissionais de pescadores na comunidade. No município de Guaraqueçaba são mais de 1700 pescadores artesanais cadastrados no Registro Geral de Pesca (RGP) do Ministério da Pesca e Aquicultura. Só na Ilha das Peças 100 pescadores sobrevivem da pesca com suas famílias.

MPA

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.