Data de curso para pescadores e número de vagas mudam em São Sebastião


A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Divisão de Pesca, órgão ligado à Secretaria de Meio Ambiente (Semam), informa que a data do curso de associativismo e cooperativismo destinado aos pescadores, previsto para o próximo dia 16, mudou para o dia 30 de maio de 2008. O número de vagas disponíveis também aumentou de 60 para 80, sendo 40 para o Centro e a outra metade para a Costa Sul do município.

A mudança ocorreu a pedido do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo (Sebrae), responsável pela aplicação do curso. Os interessados devem efetuar a inscrição até o dia 25 de maio na Secretaria de Meio Ambiente, localizada na avenida Antônio Januário do Nascimento, 213, Centro. As vagas também podem ser preenchidas por familiares dos pescadores.

As aulas serão ministradas em dois horários. Pela manhã, às 10h, será no Centro Integrado Profissionalizante (CIP), situado na rua Antônio Pereira da Silva, 56 (ao lado do Centro Comunitário), no bairro da Topolândia, área central da cidade. Já na Costa Sul, o curso será ministrado a partir das 15h na antiga Escola Municipal de Educação Infantil Alegria das Crianças, situada na rua Sargento Felisbino, 200, em Boiçucanga, onde em breve passará a funcionar o CIP.

O curso integra o plano de ações elaborado pela equipe do Desenvolvimento Regional Sustentável (DRS), uma estratégia de negócios do Banco do Brasil que, além da concessão de crédito, prevê o apoio à atividade na busca das soluções de todos os problemas enfrentados pelos pescadores, desde a alfabetização até a comercialização final do pescado.

O DRS auxilia iniciativas que atendam ao tripé de sustentabilidade, ou seja, economicamente viável, justa e ambientalmente correta. As atividades também devem ser culturalmente diversificadas com respeito à vocação natural da comunidade e incentivo como forma de valorizar as manifestações culturais locais.

A iniciativa tem o apoio da Prefeitura, Banco do Brasil, Instituto de Pesca, Cooperativa de Pesca de São Sebastião (Coopercass), Colônia Z-14 e Coordenadoria de Assistência Técnica Integrada (Cati). Informações podem ser obtidas pelo telefone (12) 3892.6000, no setor de pesca da Semam.

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.