Cuiabá – Ministro Marcelo Crivella deve apoiar criação da Diretoria da Pesca

Representantes do setor de turismo de pesca, pousadas, barcos, restaurantes instalados ao longo dos rios precisam ser ouvidos

Com apoio do Ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella, principal representante do Partido Republicano Brasileiro no país, o vereador Pastor Washington (PRB), quer que seja implantado em Cuiabá a Diretoria da Pesca, após reivindicação da federação de Pescadores de Mato Grosso.

Durante encontro realizado com os representantes dos pescadores profissionais, nesta quarta-feira (14), na Câmara de Cuiabá, a categoria apresentou ao parlamentar as principais dificuldades enfrentadas nos últimos 10 anos, com a intensificação de normas e legislações para regulamentar a atividade pesqueira.

De acordo com o presidente da federação, Linderberg Lima, atualmente os pescadores de Mato Grosso, inclusive de Cuiabá, estão sendo tratados de qualquer jeito. “Hoje, o poder público só fiscaliza e não fomenta a categoria,” frisou.

Ainda em reunião, os pescadores pediram apoio de Washington Barbosa e empenho para discutir o projeto de lei, apresentado pelo deputado Zéca Viana (PDT), que prevê a proibição da pesca amadora, liberando apenas a modalidade “Pesque e Solte”, a proposta restringe também o número de exemplares pescados em embarcações com mais de três pescadores, de 100kg para 70 kg.

Ele completou que o poder público não pode penalizar toda classe trabalhadora, sem buscar alternativas econômicas para que possam sobreviver com dignidade. “Não pode ser aprovada uma lei sem legitimidade e discussão, os representantes do setor do turismo pesqueiro, pousadas, barcos, restaurantes instalados ao longo dos rios precisam ser ouvidos,” observou o republicano.

Sensibilizado, Washington Barbosa garantiu que vai apoiar a luta dos profissionais da pesca. “Temos conhecimento dos esforços dos pescadores, no entanto, é importante buscar soluções, a preservação e conservação das nascentes e margens dos rios, vou até ao Ministério da Pesca pleitear apoio.”

A reunião contou com a participação dos representantes, Belmiro Lopes Miranda, da Colônia de Pescadores de Várzea Grande (Z14), Vicente Pereira do Rasário e Joselito Gomes Moreira, ambos da cidade de Araguaiana (Z19), Moacyr Bento Ribeiro Carvalho, de Poconé (Z11), Franklin Andrade da Silva, de Barão de Melgaço.

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.