Combate à pesca e caça ilegais na Estação do Taim

A caça e a pesca ilegais na Estação Ecológica (Esec) do Taim, no Rio Grande do Sul, levaram o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) a tomar atitudes drásticas de fiscalização e combate a essas práticas. Com o apoio da Marinha, que cedeu helicóptero e equipes por terra e água, a região foi quase totalmente vigiada, o que possibilitou alguns flagrantes.


Foram apreendidos 800 metros de redes em situação irregular (o que leva muitos peixes à morte). Além disso, um acampamento de pescadores e caçadores próximo da Lagoa do Jacaré, a menos de um quilômetro da BR 471 foi desmontado. A proximidade do acampamento da rodovia mostra como os criminosos são ousados e acreditavam que nunca seriam descobertos. Mesmo com a descoberta, ninguém estava no local e nenhuma prisão foi autuada.


A neblina atrapalhou o trabalho da Marinha, que ficou impossibilitada de chegar à Ilha do Taquari, na fronteira com o Uruguai. Entretanto, um sobrevoo no local já identificou alguns acampamentos que serão desmontados e fiscalizados nos próximos dias.


 



 


http://www.terradagente.com.br


 

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.