Batalhão Florestal e Ibama apreendem 800 caranguejos em Niterói

Foram encontrados 500 em restaurante especializado; responsável foi detido. Na época do defeso, que vai até dezembro, é proibida a pesca da espécie.

Policiais militares do Batalhão Florestal do Rio de Janeiro e fiscais do Ibama apreenderam pelo menos 800 caranguejos neste domingo (7), numa operação para coibir a venda ilegal do crustáceo durante o período de defeso – quando fica proibida a pesca da espécie – que vai até dezembro.

De acordo com os policiais, foram apreendidos 500 caranguejos em um restaurante especializado, durante a fiscalização em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, e outros 300 no Mercado São Pedro, também em Niterói, e na feira livre de Alcântara. O responsável pelo restaurante foi detido e levado para a sede da Polícia Federal, na Zona Portuária da capital.

Segundo do Batalhão Florestal, a operação continua nesta tarde. Desde sexta-feira (5), quando foi iniciada a operação, os fiscais já percorreram as cidades de Petrópolis e Teresópolis, na Região Serrana, Magé, na Baixada Fluminense, Niterói, São Gonçalo, Guapimirim e Itaboraí, na Região Metropolitana.

Outras apreensões
Também neste domingo (7), em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, foram apreendidos 24 pássaros, três jabutis, três micos e uma cobra pequena em uma feira livre. Quatro suspeitos de comercializar os animais, incluindo dois menores, foram detidos e levados para a 59ª DP (Duque de Caxias).

Em Itaboraí, outros 14 pássaros foram apreendidos e mais quatro pessoas foram detidas, segundo o Batalhão Florestal.

Do G1 RJ

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.