Bahia – 3ª Conferência Nacional de Aqüicultura e Pesca

3ª Conferência Nacional de Aqüicultura e Pesca – Plenária territorial de Vera Cruz, Itaparica e Salinas das Margaridas supera expectativas.

A 3ª Conferência Nacional de Aqüicultura e Pesca – Etapa Territorial Vera Cruz, Itaparica e Salinas das Margaridas, realizada no último dia 11 de maio, auditório do Club Med Itaparica superou todas as expectativas de público e intensidade das discussões.

A solenidade de abertura contou com a presença de diversas autoridades locais, entre elas, o prefeito de Vera Cruz, Sr. Antônio Magno de Souza Filho e o Vice-prefeito, Sr. Aginoel Aquilino, além da Secretária de Agricultura e Pesca, Srª Graça Maria, o Secretário de Maio Ambiente, Agricultura e Pesca de Itaparica, Sr. Claudionor Ribeiro e representantes da Bahia Pesca e de colônias e associações de pescadores.

Cerca de 300 pescadores assistiram pela manhã palestras proferidas por profissionais de órgãos como INSS, Ibama, Promar, Ufba, Banco do Nordeste, EBDA e debateram questões fundamentais para a pesca na região, como crédito e fomento, diretrizes de saúde e educação, direitos sociais e benefícios legais e discriminação na pesca, demanda vinda dos mergulhadores da região.

Falando para um plenário de aproximadamente 300 pessoas, que lotaram o auditório do clube, o Superintendente da Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca da Bahia, Marcelino Galo, lembrou que a Conferência é de extrema importância para o setor pesqueiro, “é um momento em que os pescadores têm a oportunidade de fazer os seus questionamentos junto aos órgãos públicos e apresentarem suas propostas de melhoria para a pesca região”. Essas propostas serão levadas para a conferência estadual, que acontecerá em julho em Salvador.

A tarde foi reservada para a formação dos grupos de trabalho. Os pescadores e marisqueiras dividiram-se para abordar temáticas específicas, escolhidas de acordo com os seus interesses, e levantaram propostas que passaram pela criação de um fórum territorial representativo dos municípios de Vera Cruz, Salinas das Margaridas e Itaparica, a questões de legalização da pesca sub-aquática, seguro defeso para mariscos, entre outros.

Encerramento – Após os debates em grupo e apresentação das propostas pelos pescadores, a atividade encerrou-se com o canto do Hino Nacional.

Aquicultura e pesca
Aquicultura e pesca

aquicultura-e-pesca-02

aquicultura-e-pesca-03

aquicultura-e-pesca-04

Fonte:
Keila Ramos
Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca – SEAP
Presidência da República
www.presidencia.gov.br/seap

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.