Atualização do Google Earth permite explorar o fundo do mar

‘Ocean’ exibe desde formações geográficas até navios naufragados.

Versão 5.0 do software também traz atualizações ‘terrestres’.
Depois de desbravar a Terra, as estrelas e até Marte, o Google Earth chega ao fundo do mar. O Google Ocean, anunciado pela empresa nesta segunda-feira (2), permite ao usuário observar os detalhes da vida marítima: formações geográficas, rotas de animais monitorados, pontos de surfe, pesquisa de embarcações naufragadas e ” mergulhos ” para explorar o fundo do mar. A novidade está disponível com a versão 5.0 do Google Earth, software de imagens via satélite que tem download grátis em seu site oficial.

Parcerias com 80 entidades fornecem conteúdo como vídeos, textos e fotos sobre diversos assuntos relacionados aos oceanos.
A navegação segue o padrão Google Earth. O usuário pode aproximar o zoom, rotacionar a visão, marcar pontos de interesse e navegar pelo conteúdo gerado pelos parceiros do Google. Segundo a empresa, são mais de 80 entidades e órgãos de pesquisa que contribuem com vídeos, fotos e artigos sobre diversos assuntos.

A Fundação Jacques Cousteau, por exemplo, publica materiais sobre expedições históricas. Sites como o “Wannasurf” destacam pontos interessantes para os surfistas.

Também é possível observar o movimento de espécies monitoradas, como tubarões, e fazer uma “viagem” pelas rotas dos animais.

Em uma demonstração nesta segunda (2) em São Paulo, o diretor de comunicação do Google Brasil, Félix Ximenes, apresentou os novos recursos. Um dos próximos passos, segundo ele, é buscar parcerias no Brasil, para enriquecer o banco de dados da região. Assim como no Google Earth, o usuário é livre para contribuir com informações.

Os oceanos costumam ser deixados de lado em discussões sobre as mudanças climáticas, apesar de serem muito importantes nesse assunto. O lançamento do Google Earth 5.0 nos dá a oportunidade de mudar a perspectiva das pessoas a respeito dos mares“, disse Eric Schmidt, diretor-executivo do Google, em comunicado.

Mar e terra

A versão 5.0 do Google Earth também traz novidades para os elementos “terrestres”. A ferramenta “túnel do tempo”, disponível em pontos como a costa de Nova Orleans e a sede do Google nos Estados Unidos, mostra uma evolução de áreas através do tempo. No caso de Nova Orleans, é possível ver imagens da região antes e depois da devastação causada pelo furacão Katrina em 2005.

A possibilidade de organizar excursões virtuais narradas, com seleção de imagens, e o rastreamento por GPS (sistema de posicionamento por satélite) são outras novidade do Google Earth 5.0.

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.