Acaba o período de defeso e questões relativas à pesca do camarão – Florianópolis


A partir da próxima quinta-feira, dia 15, o camarão estará de volta ao cardápio da região. Depois de quatro meses, acaba o período de defeso de camarão em todo o complexo lagunar, época em que a pesca é proibida durante o período de procriação e crescimento do crustáceo, quando aumenta a quantidade de camarões jovens, que ainda não chegaram à idade reprodutiva.

Cerca de 5 mil pescadores cadastrados na Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca da Presidência da República (Seap-PR), receberam o seguro desemprego, no valor de um salário mínimo por mês.

Acaba o defeso, mas outras questões entram em pauta. Para isso, amanhã, dia 13, Ibama, Secretaria de Pesca e Colônia de Pescadores Z-14, participam de uma reunião, às 14h, no Centro Cultural Santo Antônio dos Anjos, para discutir o balizamento das comunidades ribeirinhas que vivem da pesca do camarão.

O balizamento é uma forma de delimitar as áreas regulamentadas para pesca, conforme o espaço definido para cada comunidade: “Isso vai nos ajudar a organizar as áreas e facilitar o cadastro dos pescadores”, disse o Presidente da Colônia de Pescadores, Antônio Manuel de Souza.

ASCOM/laguna

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.